Central

Atendimentos a pacientes com síndromes respiratórias aumentam em uma semana no PS de Birigui

Por Gabriel Filliph em 14/01/2022 às 13:38:32
Segundo a Secretaria de Saúde, aumento foi de aproximadamente 460%. Cidade confirmou o primeiro caso positivo da variante ômicron do coronavírus. Pronto-Socorro Municipal de Birigui lotado de pacientes com sintomas respiratórios

Reprodução/TV TEM

Pacientes com síndromes respiratórias estão lotando o Pronto-Socorro Municipal de Birigui (SP). A espera para conseguir uma consulta e um exame de Covid-19 é de quatro a cinco horas.

Em uma semana, os atendimentos saltaram de 104 para 586, aumento de aproximadamente 460%, segundo a Secretaria de Saúde.

A situação fez com que a cidade se organizasse para conseguir receber todos os pacientes. Tendas foram instaladas e 24 profissionais da saúde contratados para trabalharem no Pronto-Socorro Municipal.

“Elas foram colocadas para proteger as pessoas do sol e ajudar na triagem. Tentamos aperfeiçoar o que já foi definido e estamos estudando o aluguel de dois contêineres, justamente para a triagem ser mais eficiente”, explicou o diretor da Unidade Básica e Especialidades de Birigui, Erickson Camilo Conceição.

Pacientes aguardando atendimento no Pronto-Socorro Municipal de Birigui

Reprodução/TV TEM

O aluguel dos contêineres será feito em uma parceria público-privada. A expectativa é que os dois sejam instalados e comecem a funcionar a partir da semana que vem.

Além do Pronto-Socorro Municipal, a Unidade Básica de Saúde (UBS´s) atende moradores com sintomas gripais, mas somente com agendamento prévio através do número 0800 570 7770. O horário de atendimento é das 13h às 16h.

Na última segunda-feira (10), Birigui confirmou o primeiro caso positivo da variante ômicron do coronavírus. A paciente é uma mulher, de 54 anos, que não viajou para o exterior e não teve contato com ninguém que chegou de outro país.

Veja mais notícias da região no g1 Rio Preto e Araçatuba

VÍDEOS: confira as reportagens da região

Fonte: https://g1.globo.com/

Comunicar erro
2

Comentários

3