Central

Pesquisa aponta café como vilão nos preços dos alimentos em 2021

Por Gabriel Filliph em 09/11/2021 às 13:44:04

A pesquisa mensal realizada pelo Colegiado de Economia da Faculdade de Petrolina (Facape) apontou que o café, como item comum nas cestas b√°sicas da popula√ß√£o, acumula a maior alta entre todos os produtos.

De acordo com o coordenador da pesquisa, Jo√£o Ricardo Lima, isso se deu devido à baixa oferta do produto por causa da geada que ocorreu no final de julho, somado com a crise hídrica que causou problemas na oferta nacional. Como os pre√ßos internacionais est√£o elevados, os pre√ßos acabaram subindo bastante.

Durante o m√™s de outubro, a pesquisa indicou aumento de 5,41% no custo da cesta em Juazeiro (BA) e de 1,68% em Petrolina (PE). Os resultados mostram que na cidade baiana, a cesta custa R$ 444,02 e em Petrolina, R$ 472,60. Considerando os últimos 12 meses, em Juazeiro os alimentos acumulam alta de 15,94%, e em Petrolina, o acumulado é de 14,92%. Nas duas cidades, nos últimos 12 meses os vil√Ķes de aumento foram carne, arroz, farinha, banana, óleo de soja, feij√£o, leite e a√ßúcar.

Outro produto que se destaca com seu aumento é o tomate, como resultado de um clima desfavor√°vel para uma matura√ß√£o mais r√°pida, que fez cair a oferta e explica o aumento dos pre√ßos.

Comunicar erro
2

Coment√°rios

3